Imagem de Ponciano por Pixabay
BR EN

Siga-nos nas redes sociais

Instagram Facebook
Inscreva-se aqui!

PASSEIOS

TOURS REGULARES

(JUNTO COM OUTRAS PESSOAS)


R01 - CITY TOUR (Regular/Terrestre/Mínimo 05 pessoas)

Duração Média: 4 horas aproximadamente. Horário: 9h às 12h30
Frequência: Todos os dias. ExcetoDomingos, segundas e feriados.

Saída em direção ao centro para visita interna ao Teatro Amazonas, inaugurado em 1896 e um dos principais pontos turísticos de Manaus, símbolo da época da borracha onde toda riqueza e grandiosidade esta revelada em seus corredores, salões e obras de arte. De lá, pode-se apreciar o belíssimo prédio do Palácio da Justiça do Amazonas e o encantador Largo de São Sebastião. Nosso passeio prossegue no centro com visita panorâmica para contemplar a beleza dos prédios históricos, exemplos arquitetônicos do período áureo da borracha. De lá, seguimos para visitação interna ao Mercado Municipal Adolpho Lisboa, em estilo ArtNoveau. O mercadão é um importante centro de comercialização de produtos regionais que mostra os hábitos, a cultura e as tradições do povo amazônico.
VALOR: 182,00 por pessoa (necessário mínimo de 10 pessoas para saída)




R14 – CACHOEIRAS DE PRES. FIGUEIREDO (Regular/Terrestre/Mínimo 10 pessoas)

Duração: Aproximadamente 09 horas; 08h30min – Embarque em ônibus ou van;
Frequência: Todos os dias, exceto segundas-feiras, domingos e feriados.

Saída do Hotel com destino a cidade de Presidente Figueiredo, distante 107 km de Manaus, onde visitaremos corredeiras e cachoeiras, assentadas em rochas areníticas, possuindo um dos maiores arranjos de queda d’água, onde florestas e cachoeiras conjugam a harmonia da natureza exuberante pelo encontro da fauna e flora. Almoço em restaurante local. Retorno ao Hotel com previsão de chegada às 17h00min (dependendo do trânsito). Bebidas não inclusas.
Valor: R$ 370,00 por pessoa (necessário mínimo de 10 pessoas para saída)




BEST – O MELHOR DO RIO NEGRO (Fluvial/Mínimo 10 pessoas)

Duração Média: 5 a 7 horas (full day). Horário: 9h às 16h30
Frequência: Saídas as Terças, Quintas, Sábados e Domingos.

Sairemos navegando pelas águas do rio Negro até a plataforma do boto cor de rosa onde teremos momentos de observação destes simpáticos animais que são o símbolo da Amazônia. Seguiremos navegando até uma comunidade para apreciar um ritual com danças e gestuais indígenas onde os visitantes são convidados a interagir com os nativos. Seguimos o passeio navegando até o Parque Ecológico do Janauari para um delicioso almoço regional em restaurante flutuante. Após almoço o passeio continua e iremos admirar o curioso encontro das águas com breve parada para vista deste fenômeno natural. No retorno é possível avistar a cidade de Manaus, alguns prédios históricos e as palafitas beira rio. Bebidas não inclusas.
Nota 1: Tour quando realizado em lancha rápida terá sua duração total reduzida.
Nota 2: Necessário transfer tour.
Valor: R$ 266,00 por pessoa (saída conforme disponibilidade)





TOURS PRIVATIVOS

(VALORES SOB CONSULTA – NECESSÁRIO NÚMERO MÍNIMO DE PESSOAS)


(P01) CITY TOUR (Terrestre)

Duração Média: 4 horas aproximadamente.
Frequência: Todos os dias. Exceto Domingos, Segundas e feriados.

Saída em direção ao centro para visita interna ao Teatro Amazonas, inaugurado em 1896 e um dos principais pontos turísticos de Manaus, símbolo da época da borracha onde toda riqueza e grandiosidade esta revelada em seus corredores, salões e obras de arte. De lá, pode-se apreciar o belíssimo prédio do Palácio da Justiça do Amazonas e o encantador Largo de São Sebastião. Nosso passeio prossegue no centro com visita panorâmica para contemplar a beleza dos prédios históricos, exemplos arquitetônicos do período áureo da borracha. De lá, seguimos para visitação interna ao Mercado Municipal Adolpho Lisboa, em estilo Art Noveau. O mercadão é um importante centro de comercialização de produtos regionais que mostra os hábitos, a cultura e as tradições do povo amazônico.




(P02) ENCONTRO DAS ÁGUAS(Fluvial)

Duração: 2 horas.
Com horário de saída a combinar. Frequência: Todos os dias.

Saída do píer descendo o Rio Negro, avistando o centro da cidade, o Porto Flutuante, o prédio da Alfândega e Mercado Municipal, seguindo então ao Encontro das Águas, local onde o rio Negro e Solimões, cujas águas correm paralelas sem se misturarem, formam o Rio Amazonas. Permanência no local por alguns minutos para observação do fenômeno natural . Navegação de volta ao píer.




(P03) MUSEU DO SERINGAL (Fluvial)

Duração: De 3 a 4 horas aproximadamente. Com horário de saída a combinar.
Frequência: Todos os dias. Exceto segundas.

Saída do píer chegando à Vila Paraíso, cidade cenográfica do longametragem “A Selva”. O roteiro começa no trapiche, local onde ocorria o embarque e desembarque da borracha, seguindo para o Casarão do Seringalista que reflete bem a riqueza dos seringais quando a borracha estava no auge de sua valorização econômica. O passeio prossegue no Barracão de Aviamento, Capela e na Casa de Farinha que mostra o processo artesanal da fabricação da farinha de mandioca. Seguindo a trilha no meio da mata conheceremos a árvore da seringueira e o processo de coleta do látex. Visita ao Tapiri de Defumação da Borracha, onde eram confeccionadas as bolas de látex ou “pélas” e a modesta Casa do Seringueiro completam o roteiro que retrata a vida e os costumes dos antigos seringais da Amazônia. Retorno ao píer. Nota 1: Tour quando realizado em lancha rápida terá sua duração total reduzida.




(P04) ENCONTRO DAS ÁGUAS (Fluvial)

Duração: 3 a 4 horas.
Com horário de saída a combinar. Frequência: Todos os dias

Saída do píer descendo o Rio Negro, avistando o centro da cidade, o Porto Flutuante, o prédio da Alfândega e Mercado Municipal, seguindo então ao Encontro das Águas, local onde o rio Negro e Solimões, cujas águas correm paralelas sem se misturarem, formam o Rio Amazonas. Permanência no local por alguns minutos para observação do fenômeno natural. Seguimos para o Parque Ecológico Janauari para um passeio de canoa que pode depender do nível do rio. No período de seca, entre setembro e fevereiro, não é possível realizar podendo ser substituído por uma caminhada na selva. Visita a famosa planta aquática no Lago das Vitórias Régias e as lojas de artesanato local. Retorno a embarcação para navegação de volta ao píer. Nota 1: Tour quando realizado em lancha rápida terá sua duração total reduzida.




(P04 A) ENCONTRO DAS ÁGUAS (Fluvial)

Duração: 3 a 4 horas.
Com horário de saída a combinar. Frequência: Todos os dias

Saída do píer descendo o Rio Negro, avistando o centro da cidade, o Porto Flutuante, o prédio da Alfândega e Mercado Municipal, seguindo então ao Encontro das Águas, local onde o rio Negro e Solimões, cujas águas correm paralelas sem se misturarem, formam o Rio Amazonas. Permanência no local por alguns minutos para observação do fenômeno natural. Seguimos para o Parque Ecológico Janauari para Almoço e visita a famosa planta aquática no Lago das Vitórias Régias e as lojas de artesanato local. Retorno a embarcação para navegação de volta ao píer. Nota 1: Tour quando realizado em lancha rápida terá sua duração total reduzida. Nota 2: Tour sem passeio de Canoa pelos furos e igarapés




(P06) ENCONTRO DAS ÁGUAS COM ALMOÇO (Fluvial)

Duração: 5 a 6 horas. Frequência: Todos os dias

Saída do píer descendo o Rio Negro, avistando o centro da cidade, o Porto Flutuante, o prédio da Alfândega e Mercado Municipal, seguindo então ao Encontro das Águas, local onde o rio Negro e Solimões, cujas águas correm paralelas sem se misturarem, formam Rio Amazonas. Permanência no local por alguns minutos para observação do fenômeno natural. Seguimos para o Parque Ecológico Janauari para um passeio de canoa que pode depender do nível do rio. No período de seca, entre setembro e fevereiro, não é possível realizar podendo ser substituído por uma caminhada na selva. Visita a famosa planta aquática no Lago das Vitórias Régias. Almoço no restaurante flutuante e visita as lojas de artesanato local. Retorno a embarcação para navegação de volta ao píer. Bebidas não inclusas Nota 1: Tour quando realizado em lancha rápida terá sua duração total reduzida.




(P10) MUSA - VISITA AO MUSEU DA AMAZONIA (Terrestre)

Duração: 4 horas aproximadamente (half day). Com horário de saída a combinar.
Frequência: Todos os dias. Exceto quartas-feiras – aberto 8h30 até 17h.

Um museu a céu aberto que mostra a complexidade e a rica biodiversidade da Amazônia, a maior floresta tropical do mundo. Lá você irá caminhar pelas trilhas no meio da floresta, ver exposições, o viveiro de orquídeas e bromélias, aquários, o lago, além de laboratórios experimentais de serpentes, insetos e borboletas e poderá subir uma torre de 42 metros para uma belíssima vista da imensidão da floresta. Neste passeio, o Musa convida os visitantes para uma incrível experiência sensorial com a floresta.




(P11) FOCAGEM DE JACARÉ (Fluvial)

Duração: 3 a 4 horas.
Com horário de saída a combinar. Frequência: Todos os dias

Saída para o Porto de Manaus onde embarcaremos num cruzeiro noturno com todo mistério de uma noite tropical, navegando pelos canais que fazem a ligação entre o Rio Negro e o Solimões. Guias especializados usando lanternas mostrarão a fauna noturna, constituída principalmente de algumas espécies de jacaré, abundantes na região, para captura temporária, observação e posterior devolução ao seu habitat natural. Nota 1: Tour quando realizado em lancha rápida terá sua duração total reduzida.




(P14) CACHOEIRAS DE PRESIDENTE FIGUEIREDO (Terrestre)

Duração Média: 7 a 9 horas.
Frequência: Diário. Exceto Domingos e Feriados.

Saída com destino à cidade de Presidente Figueiredo, distante 107 km de Manaus, para visitação a esta região de cachoeiras e corredeiras assentadas em rochas areníticas, possuindo um dos maiores arranjos de queda d’água onde florestas e cachoeiras conjugam a harmonia da natureza exuberante neste encontro da fauna e flora amazônicas. Almoço em restaurante local. Bebidas não inclusas.




(PBEST) O MELHOR DO RIO NEGRO (Fluvial – margem esquerda do Rio Negro)

Duração Média: 5 a 7 horas.
Frequência: Saídas as Terças, Quintas, Sábados e Domingos.

Sairemos navegando pelas águas do rio Negro para admirar o curioso encontro das águas com breve parada para vista deste fenômeno natural. Seguimos o passeio navegando até o Parque Ecológico do Janauari para apreciar um ritual com danças e gestuais indígenas onde os visitantes são convidados a interagir com os nativos. Almoço em restante flutuante, visita a Loja de artesanato e vitória Regia . Prosseguimos o passeio até a plataforma do boto cor de rosa onde teremos momentos de observação destes simpáticos animais que são o símbolo da Amazônia.. No retorno é possível avistar a cidade de Manaus, alguns prédios históricos e as palafitas beira rio. Bebidas não inclusas. Nota 1: Tour quando realizado em lancha rápida terá sua duração total reduzida.




(PBM) BOTO COR-DE-ROSA – O ENCANTO DO RIO NEGRO (Fluvial)

Duração Média: 3 a 4 horas aproximadamente (half day).
Frequência: Saídas as Terças, Quintas, Sábados e Domingos.

Sairemos navegando pelas águas do rio Negro até a plataforma do boto cor de rosa para momentos de observação destes simpáticos animais que são o símbolo da Amazônia. Seguiremos navegando até uma comunidade para apreciar um ritual com danças e gestuais indígenas onde os visitantes são convidados a interagir com os nativos. Nota 1: Tour quando realizado em lancha rápida terá sua duração total reduzida.




Condições de Pagamento:


O QUE LEVAR


OBSERVAÇÕES


POLÍTICA PARA CRIANÇA


POLÍTICA PARA CANCELAMENTOS E NO SHOW


REGRAS BÁSICAS DE ECOTURISMO


O TEMPO NA AMAZÔNIA – QUANDO IR
Na época da cheia, que vai de Fevereiro a Junho, o nível da água sobe, alagando a floresta. As trilhas ficam inundadas e são percorridas em canoas, proporcionando uma experiência íntima com a natureza ao redor. Com a elevação da água, estaremos mais perto da copa das árvores e é possível avistar animais da fauna que dividem o espaço com bromélias e pequenos répteis.
Na estação seca, que vai de outubro a janeiro, as trilhas podem ser percorridas a pé, em pequenos grupos sempre acompanhados pelos guias locais e é possível avistar a rica flora da Amazônia e ver de perto a “sumaúma” a maior árvore da região. As chuvas começam no início do ano e é quando as águas começam a subir e a temperatura fica mais amena. Vale a pena testemunhar a famosa chuva amazônica, o que não deixa de ser uma experiência memorável.
Em meados de março as águas já subiram e a floresta torna a ficar alagada. É quando os ribeirinhos começam a colheita da mandioca e a preparação da farinha. Para quem gosta de tranquilidade, esta é a baixa temporada para o turismo na Amazônia.
Cheias: Abril, Maio, Junho
Vazantes: Julho, Agosto, Setembro
Seca: Outubro, Novembro, Dezembro, Janeiro
Início das enchentes: Fevereiro, Março